segunda-feira, 17 de junho de 2013

É o assunto ...

Campanha visa mudar a política de monitoramento dos EUA

Por  | em 11/Jun/13 |
política de monitoramento
Com o intuito de acabar com política de monitoramento dos EUA, a Mozilla, a EFF, a American Civil Liberties Union, Reddit e outros sites criaram o Stop Watching Us, uma campanha online.

Campanha visa mudar a política de monitoramento dos EUA

A campanha foi iniciada após o vazamento das políticas de monitoramento pela National Security Agency (NSA) por Edward Snowden. O órgão norte-americano tinha ordem judicial de obter informações de todas as ligações feitas pela Verizon, assim como o programa PRISM, que obteria dados de nove grandes empresas de internet do país. Ao total já são mais de 85 empresas e ONGs que apoiam o movimento.
No site, os grupos querem que o congresso norte americano explique até onde chegava o poder da NSA em relação ao monitoramento.
Em um post em seu blog oficial, Alex Fowler da Mozilla aponta que a empresa acredita em uma internet onde os usuários não precisem ter medo. Em que estão sendo monitorados e que as ações do governo sejam transparentes.
“Nosso único compromisso é com usuários de internet que contam com uma internet livre onde conteúdo, imaginação, confiança e inovação podem prosperar”, completa.
Para conhecer mais sobre a campanha Stop Watching Us, acesse o seu site oficial.
Apesar disso, a política de monitoramento nos Estados Unidos parece estar enraizado já em sua cultura desde os ataques de 11 de setembro. Uma pesquisa feita pela Pew Research aponta que 56% dos norte-americanos acham aceitável os Estados Unidos monitorar todas as suas conversas online ou as suas ligações se o intuito é capturar terroristas.
Baboo

Nenhum comentário: