domingo, 23 de junho de 2013

87% a mais

Ataques de phishing crescem 87% de 2012 para 2013


Relatório da Kaspersky Lab identificou 37,3 milhões de fraudes no período

Um relatório publicado pela Kaspersky Lab revelou que, entre maio de 2012 e abril de 2013, 37,3 milhões de pessoas sofreram algum tipo de ataque de phishing. Esse número representa um aumento de 87% se comparado com o resultado da avaliação anterior, que ficou em 19,9 milhões.

Apesar de confiável, os números da empresa não representam necessariamente a quantidade real de ataques, considerando que vários deles podem ter passado despercebidos pela rede Kaspersky Security.

Fora isso, uma mudança na forma de espalhar os ataques foi percebida pela empresa de segurança. Os emails de spam deixaram de ser o maior canal de disparo de phishing, perdendo para redes sociais e sites de buscas. Assim, os spams respondem agora por apenas 12% do fluxo de phishing global.

Serviços como Yahoo!, Google, Facebook e Amazon correspondem a 30% das tentativas de ataques. Ou seja, 30% dos criminosos preferem criar páginas falsas desses serviços para enganar suas vítimas. Enquanto isso, países como EUA, Índia, Rússia, Vietnã e Reino Unido são os maiores alvos dos ataques. Essas mesmas localidades, trocando o Vietnã pela Alemanha, são as maiores disparadoras de phishing do mundo.

Ataques de phishing crescem 87% de 2012 para 2013

Fonte: Kaspersky Lab

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom o que você falou amigão é pura realidade eu inclusive recebi um link de um cara do Yahoo para estrelar uma pergunta dele e não sei se ela era real mesmo.

THOR disse...

Todo cuidado é pouco Anonimo.
vlw pela participação.