segunda-feira, 27 de maio de 2013

O perigo do Zeus

Pesquisadores alertam para aumento da atividade do Zeus este ano

Lucian Constantin, IDG News Service

O número de variantes do vírus atingiu o pico em meados de maio, mas o aumento da atividade deverá continuar em junho

A quantidade de atividade cibercriminosa associada à família do malware financeiro Zeus aumentou durante os últimos meses, de acordo com pesquisadores de segurança da empresa de antivírus Trend Micro.

"As variantes do ZeuS/ZBOT estão ressurgindo com força total, com o aumento da atividade e uma versão diferente do malware vista este ano", disseram os pesquisadores da Trend Micro, na quinta-feira em um post no blog da empresa. O Zeus, também conhecido como ZBOT, é uma das mais antigas famílias de malware financeiro que ainda está ativa hoje. Seu principal uso é para fraude bancária online, mas também pode roubar diversos tipos de credenciais de login e informações pessoais.

O malware não é mais desenvolvido pelo seu criador original. No entanto, seu código-fonte vazou na Internet em 2011, e resultou na criação de versões personalizadas, incluindo os Cavalos de Treia como Citadel e GameOver.

O número de variantes do malware Zeus surgiu durante o início de fevereiro deste ano e continuou a aumentar ao longo dos meses seguintes, atingindo o pico em meados de maio, disseram os pesquisadores da Trend Micro.

Pesquisadores da Bitdefender também viram um aumento da atividade de malwares visando operações financeiras este ano, disse Bogdan Botezatu, analista sênior de e-ameaça da empresa, na sexta-feira, via e-mail. "Não é um aumento enorme, mas sim o crescimento orgânico para uma família altamente prolífica de malware."


 IDG

Nenhum comentário: