quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Kim Herói NZ

Megaupload: governo da Nova Zelândia pede desculpas a Kim DotCom (incrível)

Investigação imprópria e ilegal conduzida pelo governo do país fez com que o primeiro-ministro tivesse que se desculpar publicamente.

Hoje, o primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Key, pediu desculpas ao fundador do site Megaupload, Kim DotCom, devido a procedimentos ilegais de investigação conduzidos pelo departamento conhecido como Government Communications Security Bureau (GCSB).

De acordo com a CNET, a polícia de Nova Zelândia prendeu DotCom em janeiro, logo depois de os Estados Unidos terem acusado o empresário de violação de direitos autorais. Mas, antes disso, o governo já vinha coletando dados sobre Kim, com o intuito de garantir que ele não oferecesse maiores riscos durante a sua prisão.

O problema todo reside no fato de que o GCSB não pode investigar a vida de cidadãos neozelandeses e, como Kim DotCom nasceu na Alemanha, a agência estava com a falsa impressão de que o fundador do Megaupload ainda não era um cidadão do país. Isso torna toda a investigação ilegal.

Kim DotCom, herói nacional

“Eu peço desculpas ao sr. DotCom e aos neozelandeses porque cada um de vocês deve ser protegido pela lei quando o assunto passa pelo GCSB, mas nós falhamos ao fornecer a devida proteção a ele”, disse o primeiro-ministro John Key.

Ainda não se sabe como essa revelação influenciará no processo contra DotCom, mas é certo que ele vem se tornando uma espécie de herói na Nova Zelândia, já que muitos cidadãos não aprovam a forma como o governo do país colaborou com os Estados Unidos.

 Fonte: CNET/Tecmundo

Megaupload: governo da Nova Zelândia pede desculpas a Kim DotCom

Nenhum comentário: