domingo, 29 de julho de 2012

Virus Nuclear

Vírus ataca usina nuclear no Irã e obriga computadores a tocar AC/DC

E-mails enviados por um cientista da Organização de Energia Atômica do Irã informaram que um malware obrigou computadores a tocar "Thunderstruck" no volume máximo

Cientistas reportaram no começo da semana que computadores de uma usina nuclear no Irã foram atacados por um vírus que os obrigava a tocar a música “Thunderstruck” da banda australiana AC/DC - e no volume máximo.

Mikko Hypponen, chefe de pesquisas da empresa de segurança F-Secure, diz que recebeu "uma série de e-mails do Irã" neste final de semana sobre o ataque. Os e-mails teriam sido enviados por um cientista da Atomic Energy Organization of Iran (AEOI, sigla para Organização de Energia Atômica do Irã, em tradução livre).

Um dos e-mails foi publicado pelo analista em um post no blog da F-Secure, na segunda-feira (23/7).

"Estou escrevendo para informá-lo que o nosso programa nuclear foi mais uma vez comprometido e atacado por um novo vírus que encerrou nossa rede de automação em Natanz e Fordo, outra instalação perto de Qom [...] A rede de automação e hardware Siemens foram atacados e desligados. [...] Houve também algumas músicas tocando aleatoriamente em várias das estações de trabalho durante o meio da noite com o volume no máximo."

No entanto, Hypponen encerrou o post afirmando que não "podemos confirmar qualquer detalhe. No entanto, podemos confirmar que o pesquisador estava enviando e recebendo e-mails de dentro da AEOI."

Já não é a primeira vez que Hypponen foi bombardeado de e-mails desse tipo. Mês passado, o analista teria escrito no Wired sobre a sua experiência de ter recebido um e-mail da Equipe de Emergências em Computadores do Irã, que informava sobre a descoberta do Flame.

Para quem não se lembra, o Flame é um supervírus espião desenvolvido a mando do governo dos Estados Unidos em parceria com o de Israel, com o intuito de atacar e destruir o programa de enriquecimento de urânio do Irã.
IDG

Nenhum comentário: