quarta-feira, 26 de outubro de 2011

US$ 26,500


Google paga US$ 26,5 mil por falhas descobertas no Chrome

Pesquisadores encontraram 18 vulnerabilidades no navegador e receberam quantia da companhia; a maior na história da gigante de buscas.


A Google pagou 26,5 mil dólares a pesquisadores de segurança por encontrarem 18 vulnerabilidades em seu navegador, o Chrome. O valor representa um recorde para a empresa.
As falhas foram corrigidas na 15ª versão do browser, liberada ontem (25/10). A principal mudança está na interface da nova aba, que passa a exibir em telas distintas as páginas mais visitadas e os aplicativos instalados. Eles, por sinal, são facilmente ocultados quando levados à barra inferior do software.


Onze dos problemas identificados foram considerados graves pela empresa – a segunda cotação mais alta em termos de criticidade - e quatro pesquisadores receberam o prêmio, que foi dividido de acordo com a relevância da descoberta. Até agora, a companhia já gastou 170 mil dólares a fim de compensar os especialistas que reportaram falhas.
O Chrome também passa a bloquear a praga Beast - revelada mês passado - capaz de acessar os cookies dos internautas – mesmo só criptografados – e, possivelmente, roubar suas senhas de acesso a sites
A nova versão está disponível para Windows, Mac OS X e Linux. Quem já possuir o navegador instalado, não precisa ser preocupar pois a atualização será feita automaticamente.
CWorld

Nenhum comentário: