terça-feira, 4 de agosto de 2009

Adobe corrige seu flash player

Segundo a companhia, uma das falhas era crítica e estava sendo usada há mais de uma semana por crackers para invadir PCs e aplicar golpes online.

A Adobe corrigiu 12 vulnerabilidades no Flash Player, incluindo uma que vinha sendo explorada por crackers desde a semana passada para invadir computadores. Das outras, dez tinham potencial para serem exploradas por criminosos digitais na criação de golpes. As falhas de segurança atingem as versões do Flash Player para Windows, Mac e Linux. As correções para a versão Solaris ainda estão sendo desenvolvidas.

Na semana passada, a Adobe havia prometido que corrigiria o Flash em 30 de julho, depois do surgimento de relatos que indicavam que o aplicativo para visualização de conteúdo multimídia estava comprometido.

Os mesmos relatos também indicavam que o Acrobat, popular programa para visualização de arquivos no formato PDF, também continha vulnerabilidades. As correções para o Acrobat devem ser publicadas nesta sexta-feira.

As novas versões do Flash Player para Windows, Mac e Linux já podem ser baixadas do site da Adobe. Como alternativa, os usuários podem se valer do recurso de atualizações automáticas para obter as versões corrigidas do aplicativo.

Nenhum comentário: