terça-feira, 21 de julho de 2009

Muita gente duvida da Nasa

O homem que duvida da NASA
O astronauta Buzz Aldrin na Lua, em 1969: para André Basílio, a bandeira tremulante é uma das evidência de fraude

SÃO PAULO – Você acredita que o homem foi à Lua? É com essa pergunta que André Basílio recebe os mais de 20 mil visitantes que, diariamente, acessam seu site.

A Fraude do Século é a página brasileira número um do Google quando o assunto é a suposta armação feita pela NASA em 1969. Com fotos e links, ela apresenta argumentos de que a chegada do homem à Lua há exatos quarenta anos não passou de uma farsa montada pelo governo dos Estados Unidos.

Basílio não é o único a defender a tese de que a agência espacial forjou dados, incluindo fotos e filmes, para convencer o mundo de que, em 20 de julho de 1969, Neil Armstrong e Edwin "Buzz" Aldrin caminharam na superfície lunar. A Missão Apollo 11, com seus três astronautas (Michael Collins ficou no comando da nave e não desembarcou na Lua), teria assim derrotado a União Soviética na corrida ao satélite terrestre. Embora a porcentagem de americanos que também acredita em uma grande conspiração varie de 6% a 20%, que toda a comunidade de astrônomos aceite a ida à Lua como verdadeira e que em nenhum momento a Rússia tenha questionado a viagem, é fato que o assunto ainda causa polêmica.

Quem nunca ouviu falar das tais sombras em múltiplas direções, da bandeira que tremula sem vento ou da pegada que não poderia ter sido formada? Ao todo, Basílio apresenta 24 argumentos para sustentar a teoria da fraude, mas, embora defensor ferrenho da mesma, também coloca links para explicações que refutam a ideia de fraude.

Nascido em Minas Gerais, André Basílio não assistiu “à suposta ida do homem à Lua”, como ele mesmo define o evento. Aos 38 anos, formado em processamento de dados e administração de empresas, ele convida quem quiser a acessar seu site e tirar suas próprias conclusões.

http://www.afraudedoseculo.com.br

INFO

@thorbrazil

Nenhum comentário: