quinta-feira, 30 de julho de 2009

HOSPITAL TAMBEM PENSA EM SEGURANÇA






Hospital do RJ investe R$ 300 mil em certificação digital

Tecnologia permite que os prontuários eletrônicos tenham garantias jurídicas vigentes na legislação brasileira

O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), no Rio de Janeiro, investiu cerca de R$ 300 mil em um projeto de certificação digital. Implementada pela Intersystems, a solução teve como objetivo melhorar a logística, tornar os processos mais ágeis e melhorar a qualidade da informação. "Somos um hospital 100% sem papel e a busca pela certificação digital nos prontuários eletrônicos é um complemento necessário", explica a gerente de TI da instituição, Bárbara Aguiar.

Inicialmente, o hospital desenvolveu um projeto piloto com cinco profissionais internos, expandindo, mais tarde, para os demais 650. Hoje, 70% de todas as áreas e os funcionários da instituição estão certificados. A ideia, segundo Bárbara, é que o profissional médico seja certificado apenas dentro do São Vicente de Paulo. Com a tecnologia, os prontuários eletrônicos passam a ter garantias jurídicas vigentes na legislação brasileira.

Para o início do segundo semestre de 2009, o hospital prevê a conclusão do projeto da certificação digital, o que vai coincidir com a inauguração de três espaços, em um investimento de cerca de R$ 3 milhões. "O Centro de Terapia Intensiva (CTI) está sendo ampliado e passará a contar com uma nova unidade voltada ao monitoramento de pacientes logo após procedimentos cirúrgicos. O objetivo é observar alterações e possíveis complicações nas primeiras 24 ou 48 horas", explica a CEO do São Vicente de Paulo, Irmã Marinete Tibério.

A unidade conta com oito leitos; e a expectativa é atender 200 pessoas por mês. O novo centro irá receber pacientes submetidos a cirurgias de alta complexidade.

Nenhum comentário: