sábado, 13 de dezembro de 2008

Tutorial Avast - Parte II

Parte 2: Iniciando o uso do Avast



Após a instalação, o Avast criará dois ícones ao lado do relógio: um com a letra i e outro com a letra a. Interessa-nos o segundo. Esse ícone não está ali apenas para indicar que o antivírus foi carregado. Ele também mostra quando a proteção em tempo real está em ação. Toda vez que você abre algum arquivo ou página uma pequena verificação de vírus é feita. Quando isso acontece, o ícone começa a girar, conforme a figura abaixo:




Também é através desse ícone que acessaremos todos os recursos oferecidos pelo antivírus. Basta clicar com o botão direito do mouse para ver uma lista de todas as tarefas.



Vc pode clicar com o botao direito do Mouse sobre o Icone com a letra i, e selecionar a opcao "Mesclar", com isso o icone ira sumir.


Antes de qualquer varredura de vírus no computador, vamos nos certificar de que o antivírus está preparado para reconhecer qualquer tipo de ameaça, principalmente as mais recentes. Para isso, após conectar-se à Internet, clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do Avast, aponte para Atualização e clique em Banco de Dados. O processo de atualização inicializará imediatamente.




Aguarde o término da atualização e a janela abaixo aparecerá.




Feita a atualização, já podemos fazer a primeira verificação de vírus no computador.

Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do Avast e selecione a opção Iniciar o antivírus avast!. Antes da interface principal abrir, um teste será feito na memória do computador. Esse teste procura por qualquer vírus que possa estar em execução no momento e tenta pará-lo. O teste poderá demorar alguns minutos, mas pode ser interrompido a qualquer momento clicando-se no botão Parar teste de memória.




A janela principal será exibida. Se você não estiver usando nenhuma skin, a tela será parecida com essa:




Ela está dividida em 4 áreas: Área a ser escaneada, Tipo de escaneamento, Informação e Escanear.

Na primeira área, selecionaremos onde vamos efetuar a verificação.

Discos rígidos locais - Faz uma verificação em todos as pastas de todos os discos rígidos instalados no computador.
Pastas - Faz a verificação somente nas pastas e/ou unidades selecionadas. Após clicar nessa opção a janela abaixo surgirá. Basta marcar a caixa de seleção ao lado da pasta desejada.




Disquetes -
Faz a verificação em qualquer disquete que esteja inserido na unidade de disquete.
CD/DVD - Faz a verificação nos discos que estiverem inseridos nas unidades de CD ou DVD.

Após selecionar os locais a serem verificados, escolha também o tipo de escaneamento. Temos as seguintes opções:

Escanear conteúdos dos arquivos - Verifica também os arquivos que estiverem dentro de arquivos compactados (ZIP, CAB, RAR...).
Rápido - Faz uma verificação somente nos tipos de arquivo tipicamente infectados por vírus.
Padrão - Verifica arquivos que possam conter vírus.
Completo - Faz uma verificação profunda em todo e qualquer arquivo contido nas pastas selecionadas.

Recomenda-se sempre selecionar a opção Completo. Apesar de longa, teremos certeza de que não há vírus no PC.

A seguir temos um breve resumo das configurações atuais do antivírus. Logo abaixo está o botão Iniciar escaneamento, que dará início ao processo de verificação de vírus. Depois que o processo for iniciado, alguns itens mudam nessa janela:




São exibidos, durante a varredura, o número de arquivos verificados até o presente momento e o status da verificação. Aparecem também os botões Pausar o escaneamento que interrompe a verificação permitindo continuar depois, Parar escaneamento que cancela a verificação atual e o botão Executar em segundo plano que minimiza a janela e permite usar o computador normalmente enquanto a verificação é feita.

A maioria dos softwares antivírus faz a verificação no computador e informa o número de ameaças encontradas até o momento, mas só gera a lista de arquivos infectados e o nome das ameaças encontradas somente quando a verificação é concluída. O Avast é diferente, se alguma ameaça for encontrada, a verificação é interrompida, uma sirene toca e um aviso aparece na tela.




São repassados o caminho do arquivo infectado, o nome e o tipo da ameça, além das medidas que você pode tomar em relação à isso:

Renomear/Mover - Renomeia a extensão do arquivo para que ele seja marcado como infectado. Ele também poderá ser movido do local de onde está.
Excluir - Exclui permanentemente o arquivo infectado. Você terá também a opção de excluir o arquivo ao reiniciar o computador caso ele esteja sendo executado no momento e não possa ser excluído.
Mover para a Quarentena - Remove o arquivo do local atual e move-o para um banco de dados, do qual ele pode ser restaurado para o usuário.

Caso você não saiba qual medida tomar, poderá seguir a ação recomendada, que aparece logo abaixo dessas opções. Se, por algum motivo, você não desejar remover o arquivo basta clicar em Continuar. Se mais ameaças forem encontradas no computador, outros alertas como esse aparecerão.

Quando a verificação for conluída poderá aperecer um relatório com arquivos onde a verificação pode não ter sido realizada. Geralmente são arquivos da quarentena de antispywares ou outros programas do tipo. Ameaças encontradas durante a verificação também aparecerão ali.




Você poderá selecionar os arquivos, clicar no botão Ação e então decidir o que pode ser feito, mas o melhor mesmo é ignorar a lista simplesmente clicando no botão Sair.

Você retornará para a tela principal do antivírus. Basta fechá-la e a verificação terá sido concluída.

Veja na próxima parte como configurar o Avast!Antivírus.

Nenhum comentário: